Depois de quase dois anos de negociações, o Newcastle United, que disputa a Premier League, foi comprado por um fundo de investimentos da Arábia Saudita. O grupo é liderado por Mohamed Bin Salman, que possui uma fortuna que beira  a casa dos 400 bilhões de euros.

Com isso, a tendência é que o clube receba altos investimentos e volte aos tempos de glória. E, já para a janela de janeiro, de acordo com o próprio clube, um grande pode reforçar a equipe apesar de, no momento, a prioridade ser investimentos internos, como no CT, por exemplo.

Para isso, a diretoria do equipe visa utilizar o novo orçamento disponibilizado pelo novo dono para trazer reforços de peso na próxima janela de transferências, que vai se abrir novamente em janeiro.

Gareth Bale entra na mira do Newcastle

Michael Regan / Getty Images

A informação oriunda do Fichajes e repassada pelo Goal.com, relata que o galês Gareth Bale é mais um dos diversos jogadores que podem ser contratados pelos novos ricos do futebol inglês. O time vem sondando e observando diversos jogadores que possam ingressar no elenco em janeiro e dar início ao projeto, que tem como intuito, colocar o Newcastle na elite da Premier League.

Bale vem tendo pouco espaço com Ancelotti nesta temporada, e soma apenas 3 jogos até então, tendo marcado 1 gol em 193 minutos pelo time merengue neste início de La Liga. O galês é avaliado em 18 milhões de euros (R$ 117,6 milhões) e tem contrato com o Real Madrid até o fim desta temporada, o que significa que o jogador não deve custar caro ao time inglês.