O Brasileirão é conhecido por ser um campeonato particularmente imprevisível. Claro que nos últimos anos tem havido um domínio claro por parte do Palmeiras, mas nem sempre foi assim.

Pensando nisso, surgiu a ideia de revisitar algumas das zebras mais interessantes do passado e, assim, projetar algumas para 2024. Note que uma zebra não é necessariamente um time inesperado que foi campeão. Pode ser um azarão que fez grande campanha, ou então uma equipe que, embora passasse por momentos negativos, se salvou do rebaixamento.

Potenciais azarões para 2024

É difícil falar de time azarão na Série A em 2024 porque muitos gigantes vivem péssimos momentos. São os casos de Grêmio, Fluminense e Corinthians, por exemplo. Ainda assim, separamos alguns times que, tendo em vista os concorrentes e suas próprias campanhas, podem surpreender.

MercadoPalpiteOdds na Betano
Terminar no top 4Flamengo1.13
Terminar no top 4Botafogo-RJ1.50
Terminar no top 4Palmeiras1.17
Terminar no top 4Bahia2.40
Apostar no Brasileirão na Betano

Bahia

O Bahia aparece nesta lista não por historicamente ser pequeno nem nada – não é – mas pela campanha do ano passado. O time terminou com 44 pontos em 2023, uma posição cima da zona do rebaixamento. Para 2024, porém, as coisas vão bem diferentes, com o Tricolor de Aço brigando no G-4. Pode não ser favorito nas odds da Betano para ser campeão, com uma odd de 18.00 para levantar a taça, mas faz ótimo campeonato e virou um azarão-surpresa.

Vasco da Gama

Ninguém discute a grandeza e história do Vasco, mas é fato também que o Gigante da Colina vive anos difíceis. Depois de flertar com o rebaixamento até o último instante na temporada passada, o Vasco agora faz boa campanha. O time carioca tem vencido consistentemente, afastando desde cedo a sombra da briga contra o Z-4.

Criciúma

Considerando que em 2021 o Criciúma subiu da Série C para a B por um triz, é de impressionar a campanha feita em 2024. O time catarinense faz temporada muito acima do esperado – era tido como um candidato forte ao rebaixamento nas casas de apostas. Com quase um terço de campeonato percorrido já, porém, o Tigre está no meio da tabela. Atualmente, o time aparece até brigando por vaga na Sul-Americana, o que não acontece desde 2014.

Os azarões do passado

O Brasileirão no seu formato moderno existe desde 1971, mas pode ser traçado sob outros nomes desde antes disso. Vamos focar nas edições mais recentes.

São Caetano

O quase saudoso time do São Caetano (que basicamente foi à falência recentemente) fez história. O grande momento da história do Azulão foi no começo dos anos 2000, quando fez duas finais (2000 e 2001). Mesmo sem vencer nenhuma delas, o time fez história – o que foi confirmado ainda mais pelo vice-campeonato da Libertadores (2002).

Portuguesa

A temporada de 1996 entrou para a história como a melhor da Portuguesa no Brasileirão. O time do Canindé chegou à final e conseguiu vencer o lendário Grêmio de Felipão por 2×0 em casa. Na volta, porém, no Olímpico, o Grêmio devolveu o 2×0 e, por ter campanha melhor, sagrou-se campeão. Ainda assim, a Lusa viveu ali um dos maiores momentos da sua história.

Bangu

Embora seja tradicional e respeitado no seu estado, o Rio de Janeiro, o Bangu nunca foi considerado um time grande. Por essas e outras que, em 1985, quando chegou à final do Brasileirão, o Alvirrubro entrou para a história. O título não veio, já que o Coritiba ganhou nos pênaltis no Maracanã lotado, mas o momento nunca foi esquecido pelo Bangu.