Lionel Messi na Copa América

Lionel Messi é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores jogadores da história. O craque argentino, que beira os 37 anos, está vivendo seus últimos anos como profissional e, possivelmente, disputará sua última Copa América.

Campeão do torneio em 2021, o atacante espera conquistar seu segundo título da competição com a Argentina. Todavia, além do título coletivo, o craque também mira um recorde individual.

Isso porque, nesta sua possível última aparição, o camisa 10 pode superar o brasileiro Zizinho e se tornar o maior artilheiro da história da Copa América. No entanto, a tarefa não será tão simples.

Os maiores artilheiros do torneio

Lionel Messi atualmente tem 13 gols na competição, já os dois recordistas, Zizinho e Tucho Méndez, marcaram 17 gols cada. Ou seja, para superá-los, o gênio terá de anotar quatro tentos.Vale ressaltar que, em sua estreia, o jogador não marcou gols.

Messi vai quebrar mais esse recorde?

Messi vai quebrar mais esse recorde?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Assim, a partir de agora, o atleta terá mais cinco jogos (caso chegue à semifinal) para atingir a marca.

Isso também implica que o craque terá de apresentar um nível semelhante ao de 2016, quando, individualmente, fez sua melhor exibição no torneio. Na ocasião, foram cinco gols e quatro assistências em cinco jogos.

Veja quem são os maiores artilheiros da competição:

  • Norberto ‘Tucho’ Méndez (Argentina) 17 gols
  • Zizinho (Brasil) 17
  • Teodoro Fernández (Peru) 15
  • Severino Varela (Uruguai) 15
  • Paolo Guerrero (Peru) 14
  • Eduardo Vargas (Chile)14
  • Lionel Messi (Argentina) 13
  • Ademir (Brasil) 13
  • Jair Rosa Pinto (Brasil) 13
  • José Manuel Moreno (Argentina) 13
  • Héctor Scarone (Uruguai) 13
  • Gabriel Batistuta (Argentina) 13
  • Roberto Porta (Uruguai) 12
  • Ángel Romano (Uruguai) 12

Créditos: Jovem Pan e AFP.

O que dizem os Fanáticos

Repercussão via Twitter

Repercussão via Twitter