Nomes de peso

Recentemente os amantes do futebol tiveram acesso ao ranking dos 10 técnicos mais valorizados do planeta, compartilhado pelo UOL Esporte em seu canal no YouTube.

Surpreendentemente, nenhum treinador brasileiro se destacou na lista, enquanto os argentinos demonstraram sua supremacia, com três profissionais entre os mais bem remunerados anualmente.

Gostaria de ter Ancelotti no comando de sua equipe?

Gostaria de ter Ancelotti no comando de sua equipe?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Apesar de não terem conquistado títulos recentes na Copa do Mundo, os técnicos italianos estão bem representados, com três nomes no ranking, o mesmo número de treinadores oriundos do país que atualmente detém o título de campeão mundial.

Enquanto isso, Alemanha, Espanha e Reino Unido também figuram na lista, com dois representantes da Alemanha e um de cada um dos outros países mencionados.

Líder da lista

Diego Simeone, técnico do Atlético de Madrid desde dezembro de 2011, foi destacado como o líder da lista como o treinador mais bem pago do futebol mundial.

Recebendo uma impressionante quantia de 34 milhões de euros por temporada, seu salário mensal ultrapassa até mesmo os dos jogadores mais bem remunerados da Europa. Simeone recentemente renovou seu contrato, estendendo seu vínculo até 2027.

Estes números revelam claramente as tendências atuais do mercado de técnicos, mostrando como certas nacionalidades têm dominado os patamares mais elevados, enquanto outras enfrentam desafios para se destacar.

Os 10 técnicos mais bem pagos do mundo:

1 – Diego Simeone (ARG, Atlético de Madrid): 34 milhões de euros/ano
2 – Roberto Mancini (ITA, Arábia Saudita): 25 milhões de euros/ano
3 – Pep Guardiola (ESP, Manchester City): 23,4 milhões de euros/ano
4 – Jürgen Klopp (ALE, Liverpool): 18,7 milhões de euros/ano
5 – Marcelo Gallardo (ARG, Al-Ittihad): 18 milhões de euros/ano
6 – Steven Gerrard (ING, Al-Ettifaq): 17,8 milhões de euros/ano
7 – Massimiliano Allegri (ITA, Juventus): 12,8 milhões de euros/ano
8 – Mauricio Pochettino (ARG, Chelsea): 12,2 milhões de euros/ano
9 – Thomas Tuchel (ALE, Bayern de Munique): 12 milhões de euros/ano
10 – Carlo Ancelotti (ITA, Real Madrid): 11 milhões de euros/ano

O que os Fanáticos estão falando?