O Vasco está jogando a Série B do Campeonato Brasileiro de forma consecutiva pela primeira vez em sua história. Por conta do vexame na temporada passada, a torcida se mostra insatisfeita com qualquer tropeço da equipe.

E quem mais tem sofrido com os ataques dos torcedores é o técnico Zé Ricardo. Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, dia 12, o treinador do cruzmaltino mostrou que entende o lado do torcedor, mas pede paciência e apoio.

"A gente entende essas emoções todas do torcedor e por parte da imprensa. Queremos melhorar, evoluir e trazer realmente alegria a todos nós vascaínos. Entendo a insatisfação, mas também queremos melhorar em relação à performance. Importante dizer que a torcida está no direito de cobrar, mas fica claro que, quando está ao nosso lado, e ela tem ficado muito do nosso lado, São Januário vira um caldeirão para o nosso adversário", disse Ricardo, que completou:

"Existem equipes bem montadas, com estratégias de jogo, treinadores experientes. Às vezes dão a bola para a gente e tentam passar o tempo para que toda pressão se reverta contra nós. Temos que ter resiliência e perseverança, nosso grupo está começando a entender isso. No último jogo deu para ver isso. Nós não queremos que toda força de São Januário lotado seja uma arma para o adversário, temos que estar conscientes. Estamos traçando uma estratégia para esse jogo".

Enquanto isso, a equipe se prepara para o próximo desafio. O Vasco enfrenta o líder Bahia, no próximo domingo, dia 15, às 16h, em São Januário, pela sétima rodada da Série B. O cruzmaltino ocupa a quinta colocação, com 10 pontos conquistados.