Abel Ferreira desabafa no Palmeiras

O Palmeiras recebeu o Corinthians, na noite do último domingo (18), na Arena Barueri, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Paulista de 2024, e empatou pelo placar de 2 a 2.

Depois de abrir dois gols de vantagem e ficar com jogadores a mais, o Verdão viu o rival buscar a igualdade já nos minutos finais. Durante entrevista coletiva, o técnico português Abel Ferreira desabafou e elevou o tom das cobranças.

Qual o responsável pelo tropeço no clássico?

Qual o responsável pelo tropeço no clássico?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Estamos muito tristes, resultado é o que conta, o que fica para a história que fica. Apesar do empate e da tristeza não posso esquecer do grande jogo que fizemos. poderia ser outro resultado“, disse.

O resultado toma conta dos jogadores e não ao contrário. Estamos fazendo gols e estamos sofrendo mais gols que o normal e esquisitos. A cobrança no Palmeiras é grande“, acrescentou Abel Ferreira.

O problema do Palmeiras

Nas últimas partidas, Abel Ferreira vinha alertando para a dificuldade do ataque alviverde converter em gols as oportunidades criadas. O problema no time, no entanto, agora é outro, voltado para o sistema defensivo.

Não tenho razão, como vou explicar a quantidade de oportunidades que criamos e devíamos ter feito?. Em condições normais, em cinco jogos, ganha quatro e empata um, e foi o que aconteceu. Não teve nada a ver com o volume que criamos“, analisou.

Fizemos três, poderíamos ter feito mais, mas não fizemos e depois sofremos. Nosso problema não tem sido esse. Não estamos sem fazer gols, mas estamos sofrendo gols um pouco esquisitos. Temos que melhorar nossa eficácia defensiva“, alertou Abel Ferreira.

Mesmo com o tropeço, o Palmeiras segue isolado na liderança do Grupo B com 18 pontos, quatro a mais do que o Água Santa. O próximo compromisso do Verdão será diante da Portuguesa, na quarta-feira (28), às 19h45, no Canindé, em jogo atrasado da 5ª rodada.

O que dizem os fanáticos