Risco de rebaixamento

O ex-jogador e ícone do Vasco da Gama, Edmundo, não conteve sua frustração após a derrota por 4 a 2 para o Corinthians, em São Januário, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em um desabafo durante a transmissão da partida pelo canal Mundo Ed, do Youtube, o craque pediu mudanças na direção do Gigante da Colina e criticou a formação do elenco para a temporada de 2023.

O Vasco será rebaixado em 2023?

O Vasco será rebaixado em 2023?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Edmundo não hesitou em apontar responsabilidades, pedindo a saída de dois nomes da direção vascaína, que, segundo ele, não teriam competência para administrar a equipe.

“O pior é a construção desse elenco. Quando você olha, tinha gente pior no banco. Serginho… Cocão… Sebá entrou, Alex Teixeira… Tem gente ali. Isso é culpa de quem? É culpa da SAF, que contratou mal. É culpa do Paulo Bracks, que tinha que ser demitido hoje. Pela incompetência dele. Para criar algo diferente”, enfatizou o ex-jogador.

Mudanças no elenco

O ídolo vascaíno também direcionou suas críticas à formação do elenco, apontando para a 777 Partners, que adquiriu 70% da SAF do clube em fevereiro de 2022. Edmundo destacou a necessidade de mudanças e renovou o pedido pela demissão do técnico Abel Braga.

“Tem uma pessoa que eu amo de paixão, como ser humano e como profissional. Mas o que ele fez no Vasco esse ano? Abel Braga. O que ele fez? Demite e cria algo novo. Todo mundo criou algo novo. Corinthians demitiu o Luxemburgo, o Flamengo demitiu o Sampaoli e trouxe o Tite, está aí perto de ganhar título”, argumentou.

Abatido com a derrota do Vasco para o Corinthians e a ameaça de rebaixamento pela quinta vez na história do clube, Edmundo expressou sua indignação com a atual situação da equipe.

“É muita indignação. Eu confesso… acho que fiquei iludido, que o Vasco ia ganhar hoje e ficar bem tranquilo para se livrar desse rebaixamento. Hoje foi, para mim, um dos piores dias como torcedor do Vasco”, finalizou o ícone vascaíno, refletindo o sentimento de muitos torcedores diante do momento difícil enfrentado pelo clube carioca.

O que dizem os Fanáticos?