Cruzeiro x Goiás

O confronto entre Goiás e Cruzeiro teve um final de primeiro tempo marcado por uma polêmica de arbitragem que gerou muitas discussões nas redes sociais.

Cruzeiro x Goiás

O atacante Wesley, do Cruzeiro, teve a camisa puxada na área, em um lance que gerou intensa revolta após o árbitro Ramon Abatti Abel não marcar a falta, e o VAR não chamou a atenção do juiz para uma revisão.

Cruzeiro vai escapar do rebaixamento?

Cruzeiro vai escapar do rebaixamento?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

O incidente aconteceu nos acréscimos da etapa inicial, quando Wesley foi claramente puxado na área. O atacante não poupou esforços para expressar sua indignação com Ramon Abatti Abel, mas a decisão permaneceu inalterada.

A transmissão do jogo no “Sportv” também compartilhou a visão de que a arbitragem cometeu um equívoco, defendendo que o pênalti deveria ter sido assinalado.

Torcida cobrou a arbitragem

A controvérsia rapidamente se espalhou pelas redes sociais, com torcedores e analistas de futebol manifestando sua indignação diante da não marcação do pênalti.

Comentários de revolta, questionamentos à atuação da arbitragem e chamados por uma revisão mais detalhada do VAR foram destaque nas timelines, evidenciando a intensidade das emoções geradas por esse episódio.

A polêmica destaca a importância da discussão em torno do uso do VAR e da necessidade de aprimoramentos no sistema para garantir decisões mais justas e precisas no futebol brasileiro.

O debate certamente continuará ecoando entre os torcedores e amantes do esporte, enquanto os lances polêmicos seguem sendo parte integrante do cenário do futebol nacional.

Veja as reações sobre o lance nas redes sociais: