Futebol brasileiro

Com uma carreira que ultrapassa os 1000 jogos apitados, Marcelo de Lima Henrique se destaca como o árbitro mais experiente em atividade no futebol brasileiro, aos 52 anos de idade.

Em uma recente entrevista ao podcast “Mundo GV”, o juiz compartilhou suas experiências e nomeou alguns dos jogadores mais desafiadores com quem já teve que lidar em campo.

Você considera Marcelo de Lima Henrique um dos melhores árbitros do Brasil?

Você considera Marcelo de Lima Henrique um dos melhores árbitros do Brasil?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Entre os craques que deram mais trabalho, Marcelo destacou figuras como Fred, Juninho Pernambucano e Rogério Ceni.

O Fred deu muito trabalho, mas no fim da carreira dele já estava de boa, virou parceiro. Felipe deu trabalho. Tem um que a maioria acha que não, mas deu muito trabalho, Juninho Pernambucano. Ele entende muito de regra, dava trabalho inteligente e tinha que estar ‘de boa’“, disse Marcelo de Lima.

Renato Abreu era chato

No entanto, Marcelo enfatizou que os jogadores violentos, os “botinudos”, eram os que mais dificultavam o trabalho dos árbitros.

Mas quem dava mais trabalho eram os jogadores violentos, os ‘botinudos’. Craque dava para levar no papo. Quem deu trabalho também era o Rogério Ceni, era muito esclarecido, vivia muito o jogo. Renato Abreu era chato, pegava firme. Fabiano Eller também deu trabalho“, finalizou o árbitro.

Vale ressaltar que o árbitro optou por não citar jogadores em atividade atualmente no futebol brasileiro, visando evitar desconfortos ou controvérsias.

Essas revelações oferecem uma visão interessante dos desafios enfrentados pelos árbitros em meio às estrelas do futebol brasileiro ao longo dos anos.

O que os Fanáticos estão falando?