Presidente do São Paulo detona Abel Ferreira

Na noite do último domingo (3), o São Paulo ficou no empate em 1 a 1 com o Palmeiras, no Estádio Morumbis, em clássico válido pela 11ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista de 2024.

Logo após o jogo, o presidente tricolor, Julio Casares, fez duras críticas a Abel Ferreira, técnico do Palmeiras. O dirigente protestou contra a arbitragem e apontou para a interferência do português sobre as decisões.

O São Paulo foi prejudicado pela arbitragem?

O São Paulo foi prejudicado pela arbitragem?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Hoje é um conjunto desastroso. Hoje foi um absurdo, a Federação Paulista não pode atuar dessa forma, eu vi agora o auxiliar do árbitro xingando o Calleri, vi o auxiliar do Abel rindo e ironizando, chega do Abel apitar jogo Paulistão“, afirmou.

Na visão de Casares, a arbitragem errou ao marcar um pênalti para o Palmeiras e também ao deixar de marcar uma penalidade para o São Paulo. O árbitro de vídeo (VAR) interviu em ambos lances.

As reclamações do São Paulo

Hoje foi uma vergonha o que vimos no Morumbi. Primeiro um pênalti absurdo e depois o arbitro foi ao VAR no pênalti do Luciano e se acovardou“, disse.

Olha, a agressão ao Pablo que quase arrebenta o moleque era para vermelho direto, ele deu amarelo, mas e o VAR? Se omitiu“, acrescentou Casares.

O jogador envolvido no lance com Pablo Maia, em uma falta no primeiro tempo, foi Richard Ríos, mas nenhuma revisão do lance foi recomendada.

Vamos reagir! Aqui no Morumbi não acontece mais isso. O Abel tinha que ter sido expulso, ele apitou o jogo. Ele expulsou alguém do nosso banco“, completou o dirigente.

O que dizem os fanáticos