Grêmio tenta Coutinho

O Grêmio está em busca de reforços para o segundo semestre. A diretoria comandada pelo presidente Alberto Guerra está atenta aos bastidores do mercado da bola para qualificar o grupo de trabalho do técnico Renato Portaluppi.

A principal carência envolve a chegada de um novo centroavante, tendo em vista a lesão de Diego Costa e a saída iminente de João Pedro Galvão. Entretanto, uma outra posição também está sendo visada no mercado.

Um novo meio-campista está nos planos do Grêmio e, nos últimos dias, o nome de Philippe Coutinho entrou no radar. Atualmente com 32 anos, o meia está deixando o Al-Duhail, do Catar, e retornando ao Aston Villa. Dono dos direitos econômicos, o clube inglês deve rescindir com o brasileiro, que ficará livre.

Presidente do Vasco abre o jogo sobre Coutinho

O Grêmio está longe de ser o único interessado em contar com o talento do meia, que também entrou no radar de outras grandes equipes do futebol brasileiro. Responsável por revelar Coutinho, o Vasco está a frente nas negociações e confiante por um acordo.

Com relação ao Coutinho, é lógico que ele vai ser cobiçado por outros clubes. Mas um ponto muito positivo é que ele quer muito vir jogar no Vasco. A primeira, a segunda e a terceira opções dele são o Vasco. Isso é ótimo“, revelou Pedrinho, presidente da equipe carioca.

O Grêmio deveria abrir os cofres para contratar Coutinho?

O Grêmio deveria abrir os cofres para contratar Coutinho?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Já fizemos a proposta para o Coutinho, está sendo avaliada, com ajustes, com toda a gestão esportiva dele. Ele está abrindo mão de muita coisa para vir. Estou fazendo um esforço absurdo. Está tudo construído e indo bem. Ficamos muito ansiosos para ter um final feliz“, acrescentou.

Ainda de acordo com Pedrinho, o Vasco, dentro de suas possibilidades, está disposto a realizar ajustes na oferta. Além do Grêmio, o clube cruz-maltino também tem as concorrências de Botafogo e Fluminense pelo jogador.

Gremistas não acreditam em sucesso no negócio

Reprodução/X

Reprodução/X