D’Alessandro nos gramados

Andrés D’Alessandro é ídolo do Internacional, onde encerrou a carreira como jogador profissional em abril de 2022. Revelado nas categorias de base do River Plate, ele rodou o mundo.

D’Alessandro tem passagens por times como Wolfsburg, Zaragoza e San Lorenzo antes de desembarcar em Porto Alegre pela 1ª vez para atuar pelo Colorado. No clube gaúcho, o hermano entrou pra história.

Aceitaria D\'Alessandro como dirigente do seu time de coração?

Aceitaria D\'Alessandro como dirigente do seu time de coração?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Hoje com 42 anos, D’Ale ganhou Sul-Americana, Libertadores e Recopa com o Inter, sem contar as outras conquistas pelas equipes que também defendeu na trajetória como atleta.

Agora, o argentino mais brasileiro de todos os tempos foca em dar continuidade nos trabalhos, porém fora das quatro linhas. Como dirigente, ele teve uma experiência recente em SAF.

D’Alessandro abre o jogo sobre a carreira fora dos gramados

Antes do Jogo das Estrelas, no Maracanã, Andrés D’Alessandro aceitou conversar rapidamente com o Somos Fanáticos na zona mista e abriu o jogo sobre a carreira fora dos gramados.

“Fixei residência em Porto Alegre. Vou ficar no Brasil e alimentar nosso conhecimento para estar pronto”, disse D’Ale após saída do Cruzeiro, onde trabalhou como coordenador de futebol.

Ele responde se enxerga o Internacional como SAF no futuro: “Tanto clube associativo como SAF, eu não posso cravar hoje o que é melhor. Eu vivi a SAF esse ano. Tem coisa boa e tem coisa para melhorar também”, disse.

“Não (me procurou ainda). Estou morando no Sul. Vocês sabem da minha história no clube. Em algum momento, vamos trabalhar”, completou alimentando a esperança de novamente trabalhar no CT Parque do Gigante.

O QUE DIZEM OS FANÁTICOS