Resultado amargo na quarta-feira (12)

A Seleção Brasileira apenas empatou diante dos Estados Unidos. Rodrygo abriu o placar aos 17 minutos do primeiro tempo, enquanto Christian Pulisic empatou com 26 da etapa inicial.

Depois disso, o Brasil continuou pressionando. O número de finalizações é impressionante: 25 da Amarelinha contra 12 dos norte-americanos. O time canarinho teve volume de jogo superior apesar do 1 a 1.

Dorival abriu o jogo ao ser entrevistado pela CBF TV e fez um balanço dos duelos preparatórios de olho na Copa América. A Seleção estreia no dia 24 de junho, contra a Costa Rica.

“Com certeza, entendemos que nós estamos no caminho. É uma fase preparatória. Era mais que necessário que todos os atletas tivessem a oportunidade de jogar”, iniciou o treinador.

Endrick fica no banco mesmo em meio aos reservas

Na vitória de 3 a 2 contra o México, o técnico Dorival Jr optou por começar com a equipe toda reserva. Embora isso tenha acontecido, Endrick ficou no banco até o segundo tempo, quando entrou para fazer o da vitória.

O Brasil tinha que ter vencido os EUA?

O Brasil tinha que ter vencido os EUA?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

“Vai existir uma disputa saudável dentro um grupo que está se formando e conhecendo cada vez mais. Pude perceber as características dos jogadores. No nosso entendimento, é aquilo que teremos de melhor”, sinalizou Dorival.

O comandante não pesa o 1 a 1 contra os Estados Unidos e considera bons confrontos: “Foram dois ótimos jogos no sentido de colocarmos em campo todos que estão neste processo de treinamento”, finalizou.

Agora apenas com treinamentos, a Seleção Brasileira segue se preparando para o torneio organizado pela Conmebol. O único país pentacampeão do mundo está no Grupo D da competição.

Reação da torcida após empate em 1 a 1