Corinthians

Chicão, consagrado ídolo do Corinthians, trouxe à tona durante o programa Arena SBT uma situação delicada em relação à sua relação com o clube.

De acordo com o ex-jogador, a atual diretoria do Corinthians o proibiu de entrar na Neo Química Arena e até mesmo de realizar eventos dentro do estádio da equipe.

O Corinthians será rebaixado em 2023?

O Corinthians será rebaixado em 2023?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

“Eu não falo o nome da pessoa, não falo o nome dele. Mas essa gestão começou a me proibir de ir ao estádio. Não querem que eu faça o evento. Que eu vá lá fazer o evento da invasão corintiana. Tour na arena eles me bloquearam. Não queriam que eu ficasse frequentando o estádio, não sei o motivo. Tem outra pessoa que fica fazendo piadinha no ar, soltando as coisas. Eu estou tirando a ação contra o clube, é uma prova do meu caráter”, revelou Chicão.

O ex-zagueiro, que conquistou títulos expressivos com o Corinthians, incluindo a Libertadores e o Mundial em 2012, anunciou também que, com a eleição de Augusto Melo para a presidência, pretende retirar a ação que move contra o clube.

Chicão

Chicão foi revelado pelo Mogi Mirim em 2000, teve passagens por diversos times brasileiros, mas foi vestindo a camisa do Corinthians que se consagrou como ídolo.

Sua trajetória no Timão incluiu títulos importantes como do Campeonato Brasileiro em 2008, o Paulistão e a Copa do Brasil em 2009, o Brasileirão em 2011, além da conquista da Libertadores e do Mundial em 2012. O jogador encerrou sua passagem pela equipe em 2013, partindo para o Flamengo, onde também teve sucesso.

Com a eleição de Augusto Melo para a presidência do Corinthians, Chicão assumirá um cargo na Diretoria, marcando um novo capítulo em sua história com o clube que tanto marcou sua carreira.

O que pesa para a indicação do ex-jogador para o cargo é o fato dele ter conhecimento dos bastidores do Timão sendo um ponto positivo para sua escolha.

O QUE DIZEM OS FANÁTICOS