O Boca Junior está em mais uma decisão de libertadores

Finalmente está chegando a hora de conhecer o grande campeão da Copa Libertadores da América de 2023. Na tarde do próximo sábado (4), Fluminense x Boca Juniors disputam a grande final, a partir das 17h (horário de Brasília).

De acordo com dados da plataforma One Football, o clube argentino já enfrentou times do Brasil em 67 ocasiões, com um retrospecto notável de 25 vitórias, 25 empates e 17 derrotas.

Fluminense vai em busca de um titulo inédito

Quem será campeão da Libertadores 2023?

Quem será campeão da Libertadores 2023?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

O Fluminense representa a sexta equipe brasileira diferente que o Boca Juniors enfrentará em uma final da Libertadores. Até agora, o Boca conquistou quatro títulos na competição, superando Cruzeiro (1977), Palmeiras (2000), Santos (2003) e Grêmio (2007). No entanto, a equipe argentina sofreu derrotas nas finais de 1963 e 2012, contra Santos e Corinthians, respectivamente.

Nesta temporada, o Boca Juniors eliminou um dos gigantes do futebol brasileiro, o Palmeiras, na semifinal, após uma emocionante disputa de pênaltis. A conquista garantiu a presença na final e renovou a rivalidade histórica entre clubes argentinos e brasileiros na Libertadores.

Apesar de uma aparente má fase, com apenas duas vitórias nos últimos 16 jogos disputados na temporada, o Boca Juniors tem se destacado por não ser eliminado de nenhuma competição. Avançou sempre após disputas de pênaltis, tanto na própria Libertadores quanto na Copa Argentina.

Boca Juniors contra brasileiros em finais da Libertadores

  • 2012 – vice contra o Corinthians 
  • 2007 – título contra o Grêmio 
  • 2003 – título contra o Santos 
  • 2000 – título contra o Palmeiras 
  • 1977 – título contra o Cruzeiro 
  • 1963 – vice contra o Santos 

A final da Copa Libertadores promete ser um duelo emocionante entre o Boca Juniors e o Fluminense, com o clube argentino buscando adicionar mais um título prestigioso à sua rica história no futebol sul-americano.

O que os fanáticos estão falando: