Sonho de jogar no Corinthians

Gabriel Magalhães, zagueiro titular do Arsenal, está prestes a entrar em campo contra o Luton Town pela Premier League nesta terça-feira (05), em um duelo que reflete sua trajetória profissional.

Apesar da distância física, o coração do defensor ainda bate forte pelo Corinthians, clube que ele nutre uma paixão declarada desde a infância.

Gabriel Magalhães se daria bem jogando no Corinthians?

Gabriel Magalhães se daria bem jogando no Corinthians?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Nascido em São Paulo, Gabriel cresceu frequentando as arquibancadas ao lado do pai, mantendo o vínculo com o Corinthians mesmo após iniciar sua carreira como jogador profissional.

“Desde pequenininho sempre fui aos jogos e até os meus 12 anos, antes de eu ter ido viajar para Santa Catarina para o Avaí, sempre ia nos jogos do Corinthians. É um clube que, se Deus quiser, um dia vou poder vestir a camisa. Sempre que estou no Brasil, procuro ir aos jogos porque eu gosto, minha família gosta e meus amigos também são corintianos. Nós procuramos sempre ir aos jogos quando estou aí”, revelou o zagueiro.

Torcedor do Corinthians

A paixão de Gabriel pelo Corinthians vai além do campo. Ele esteve presente na Neo Química Arena no meio da Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do Timão, durante a partida de ida das oitavas de final da Libertadores contra o Boca Juniors no ano passado.

Gabriel Magalhães guarda com carinho a lembrança da equipe comandada na segunda passagem de Tite pelo Parque São Jorge entre 2011 e 2013.

“Tinha vários ídolos, mas o Corinthians de 2011 e 2012, que foi na época que nós ganhamos Mundial, Brasileiro e Libertadores, acho que todos esses jogadores foram perfeitos dentro de campo”.”Tinha vários ídolos, mas o Corinthians de 2011 e 2012, que foi na época que ganhamos Mundial, Brasileiro e Libertadores, acho que todos esses jogadores foram perfeitos dentro de campo.”

A entrevista revela não apenas o profissionalismo do zagueiro no cenário internacional, mas também o vínculo afetivo que ele mantém com suas raízes no Corinthians.

O que dizem os Fanáticos