Eliminação precoce

O Cruzeiro foi surpreendido pelo Sousa e acabou eliminado da Copa do Brasil logo na primeira fase da competição. A derrota da Raposa vem repercutindo no futebol brasileiro.

Passando ainda por problemas financeiros, o time mineiro trabalhava com a meta de chegar até as quartas da competição, o que seria uma grande oportunidade para melhor a situação no quesito.

A eliminação pode ser considerado um dos maiores vexames na história do Cruzeiro?

A eliminação pode ser considerado um dos maiores vexames na história do Cruzeiro?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

No entanto, o clube pouco conseguiu atacar com qualidade e, nos minutos finais, viu Danilo Bala fazer dois gols que garantiram a classificação para o time da Paraíba.

É importante também destacar a qualidade do gramado, que foi fortemente afetado pela chuva. A bola pouco rolou, fazendo com que acontecesse um futebol muito pouco vistoso.

Cruzeiro: Escolhas de Larcamón pesaram

Ainda assim, parecia ser tarefa simples para a equipe de Belo Horizonte, que poderia até empatar o jogo. Todavia, além da qualidade do gramado, o time não conseguiu se adaptar ao tipo de jogo.

O time de Larcamón tentou jogar da forma como vem jogando na temporada. Além disso, o técnico argentino não fez uma boa leitura de jogo e optou por nomes bastante questionáveis.

Por exemplo, quando precisava do gol, Nico colocou em campo o volante Ian Luccas. Outra escolha que vem sendo bastante contestada é a do zagueiro Neris, que para muitos falhou no primeiro gol do Sousa.

Larcamón também demorou a compreender que seria um jogo extremamente físico. A dupla de ataque poderia ser Dinenno e Rafael Elias, mas o segundo entrou já nos instantes finais e no lugar do primeiro. Um grande fiasco da Raposa.

O que os Fanáticos estão falando?