Mudanças no Corinthians

O presidente do Corinthians, Augusto Melo, revelou sua estratégia para valorizar as joias da base do clube, visando um retorno financeiro elevado nas negociações dos craques no futuro.

Coletiva pós-jogo

Durante uma entrevista ao Mesa Redonda, da TV Gazeta, Melo destacou o potencial do volante Gabriel Moscardo e do atacante Wesley, enfatizando a importância de amadurecer no time principal.

O Corinthians vai escapar do rebaixamento?

O Corinthians vai escapar do rebaixamento?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Durante sua campanha, Melo ressaltou a intenção de tornar os jogadores da base uma fonte significativa de receita para o clube. Ele afirmou que a ideia é permitir que esses talentos se adaptem, amadureçam, conquistem títulos e, posteriormente, sejam negociados por valores substancialmente mais altos do que os praticados atualmente.

“Venho falando durante a campanha que os nossos atletas da base serão nossa terceira receita. Eles têm que se adaptar, maturar, jogar e dar título para vendermos por três, quatro vezes mais do que se vende hoje em dia”, disse Augusto Melo, que seguiu.

O Corinthians será bom vendedor

Melo deixou claro que não pretende seguir a abordagem de vender jovens talentos imediatamente após se destacarem. Ele enfatizou a implementação de multas contratuais elevadas para garantir que o clube seja adequadamente recompensado por seus investimentos na formação de jogadores.

“Não vamos pensar em uma joia que aparece, joga e em seguida já vende. Sempre terá uma multa alta, e não é como hoje que a multa é 50 milhões de euros e vende por 5, 10 milhões de euros. O Corinthians será bom vendedor e bom pagador também, para ter credibilidade,” disse

Ao abordar especificamente os jogadores Gabriel Moscardo e Wesley, Melo expressou o desejo de mantê-los no Corinthians, reconhecendo o interesse de clubes europeus em Moscardo. Ele acredita que esses jovens talentos podem ser fundamentais para reduzir a dívida do clube.

“Espero que o Moscardo fique conosco, assim como o Wesley. São promissores demais. Pode ter certeza que com esses garotos nós vamos pagar 50%, 60% da nossa dívida”, assegurou Melo.

Ao finalizar, o presidente eleito destacou as habilidades específicas de Moscardo e Wesley, apontando para a técnica e maturidade do volante e a necessidade de aprimorar a finalização do atacante.

“O Moscardo é um volante técnico, clássico, fez 18 anos agora, não tirou nem o peso ainda. Vamos colocar em um time bom para ver a valorização dele. Trabalha o Wesley uma finalização também, trabalha esse garoto e vocês vão ver só”, concluiu Augusto Melo.

O que os Fanáticos estão falando?