Luta contra o rebaixamento

O Corinthians enfrentou uma derrota avassaladora na Neo Química Arena, sofrendo um placar de 5 a 1 contra o Bahia na 35ª rodada do Brasileirão, na véspera das eleições presidenciais do clube.

Após o jogo, o ainda presidente corintiano, Duílio Monteiro Alves, expressou brevemente seu constrangimento com o resultado e reconheceu a frustração dos torcedores.

O Corinthians será rebaixado?

O Corinthians será rebaixado?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Duílio, que encerrará seu mandato no final deste ano, começou suas declarações destacando que não pretendia responder a perguntas após a derrota humilhante. No entanto, ele optou por enfrentar a situação, manifestando compreensão em relação à tristeza e revolta dos torcedores.

“Não queria hoje, depois do que aconteceu, um vexame, responder perguntas. Parei porque sempre dei a cara. Falar para o nosso torcedor que ele tem toda razão de estar triste, revoltado, porque nada funcionou”, disse.

Limpar a imagem do clube

O presidente salientou a necessidade de o clube mudar sua imagem nos três jogos restantes da temporada, visando encerrar o ano em uma nota mais positiva após as frustrações de 2023.

“E nos próximos três jogos temos que mudar essa imagem. Não foi um ano bom, mas que a gente não termine o ano com essa impressão de hoje, que foi horrorosa”, completou.

Na eleição programada para este sábado (25), André Negão, representando a situação, e Augusto Melo, pela oposição, disputam a presidência do Corinthians, sucedendo Duílio Monteiro Alves.

O Corinthians retorna a campo na terça-feira para enfrentar o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. A equipe carioca é rival direto do Timão na briga contra o rebaixamento.

O que dizem os Fanáticos?