Em baixa no Flamengo

Em mais um episódio de críticas, o jornalista Renato Maurício Prado não poupou palavras para expressar sua preocupação com a temporada de um jogador do Flamengo e sua influência no time rubro-negro.

A temporada tem sido marcada por um desempenho abaixo das expectativas e pela presença constante de Gabigol no banco de reservas, com poucas atuações convincentes quando acionado.

Você acha que Gabigol deveria deixar o Flamengo?

Você acha que Gabigol deveria deixar o Flamengo?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Em uma transmissão ao vivo no UOL News Esporte, Renato Maurício Prado classificou o atacante como um “ex-jogador” que mais se assemelha ao sósia humorístico “Gabigordo” do que ao jogador decisivo e artilheiro que costumava ser.

“É uma situação desesperadora do Flamengo, porque os seus jogadores históricos não conseguem mais jogar coisa nenhuma. O Gabriel (Barbosa) parece um ex-jogador. Ele entra e mal toca na bola, não ganha uma dividida, não chega em um rebote do goleiro. É inacreditável. A sensação que tenho é que é o sósia dele que está jogando. Lembra do Gabigordo? Acho que é ele que está jogando e estamos sendo enganados. O Gabriel não parece nada com aquele jogador artilheiro, decisivo”. disse RMP.

Renato Maurício Prado destacou sua preocupação com a situação do Flamengo no Campeonato Brasileiro e a dificuldade de obter uma vaga direta para a próxima edição da Copa Libertadores. Atualmente, o Flamengo ocupa a sexta posição na tabela, com 50 pontos, e sua vaga no G6 está ameaçada.

Vaga na Libertadores

O jornalista opinou que é improvável que o Flamengo consiga a classificação direta para a fase de grupos da Libertadores. Além disso, ele alertou para o risco de o time ficar de fora da competição sul-americana, especialmente se continuar apresentando um desempenho abaixo do esperado.

“Acho difícil que consiga vaga direta (na fase de grupos). Não sei se vai ter bola para conseguir entrar entre os 4. E se entrar entre os 6, a temporada já começa comprometida, vai ter que jogar e pré-Libertadores e aí começa a jogar em fevereiro, o calendário fica totalmente prejudicado. O risco de ficar fora da Libertadores é real. O Athletico está um ponto atrás do Flamengo, então impossível ficar de fora não é, ainda mais com essa bolinha que está jogando”, complementou RMP.

A temporada conturbada e a possível necessidade de disputar a pré-Libertadores em fevereiro comprometeriam o calendário do Flamengo, o que é motivo de preocupação para a equipe e seus torcedores. O Athletico-PR está logo atrás na tabela, a apenas um ponto de distância, o que torna a disputa ainda mais acirrada.

Em resumo, as palavras de Renato Maurício Prado refletem não apenas suas críticas ao desempenho de Gabigol, mas também a preocupação com o futuro do Flamengo no Campeonato Brasileiro e a classificação para a Copa Libertadores.

O que dizem os Fanático: