Escândalo na CBF

O ex-jogador e atual senador Romário, utilizou suas redes sociais para expor uma situação preocupante envolvendo dois ex-presidentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira e Marco Polo Del Nero.

Segundo Romário, a dupla estaria planejando um movimento oportunista para desestabilizar a atual gestão da CBF, liderada por Ednaldo Rodrigues, aproveitando o momento delicado vivido pela Seleção Brasileira.

A Seleção Brasileira precisa passar por reformulação?

A Seleção Brasileira precisa passar por reformulação?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

“No momento, temos conhecimento de que dois ex-presidentes da CBF estão se mobilizando de maneira oportunista, aproveitando o atual momento da Seleção, para iniciar um movimento visando dar um golpe na gestão atual e retomar o poder em nosso futebol. É muita cara-de-pau”, escreveu Romário, em sua conta na plataforma X (antigo Twitter).

O senador destacou que tanto Ricardo Teixeira quanto Marco Polo Del Nero estão atualmente na lista vermelha da Interpol, impedidos de deixar o Brasil devido a condenações por corrupção nos Estados Unidos.

Seus bolsos ficaram cheios

“Na CPI do Futebol, apresentamos as provas dos malfeitos que cometeram contra o futebol brasileiro, deixando os clubes em situação precária enquanto seus bolsos ficaram cheios. Não podemos permitir, em nenhuma hipótese, que esses dois criminosos, procurados pela justiça americana e Interpol, voltem a ter algum espaço na CBF. Para isso, como senador e cidadão, usarei dos meios legais possíveis para evitar esse verdadeiro desastre pro nosso futebol”, completou.

Ricardo Teixeira e Romário têm uma relação conturbada desde os tempos em que o Baixinho era jogador, alegando ter sido prejudicado em convocações para Copas do Mundo. O senador promete empenho total para evitar que Teixeira e Del Nero exerçam qualquer papel relevante no cenário futebolístico brasileiro.

Dentro da CBF, a gestão atual alega que ex-presidentes, Ricardo Teixeira e Marco Polo Del Nero, preparam um golpe para substituir Ednaldo Rodrigues por alguém de sua indicação, possivelmente Rubens Lopes.

O desfecho dessa situação pode ter consequências significativas para o futuro da entidade e do futebol brasileiro, afetando nas decisões futuras da equipe.

O que os Fanáticos estão falando?