A fase da Seleção Brasileira não é nada boa e o início do técnico Fernando Diniz também não. Após sair derrotado por 1 a 0 para a Argentina na última terça-feira (21), no Maracanã, pela sexta rodada das Eliminatórias para Copa do Mundo de 2026, o Brasil acumulou mais um ponto negativo.

Diniz perdeu metade dos seis jogos disputados e possui aproveitamento abaixo, com 38%. Com ele, o Brasil conheceu algumas marcas, como por exemplo, diante da Argentina, foi a primeira derrota em casa nas Eliminatórias e ainda não havia perdido três jogos seguidos.

Você manteria Fernando Diniz no comando da Seleção?

Você manteria Fernando Diniz no comando da Seleção?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Siga o canal do Somos Fanáticos no WhatsApp

Com o resultado, o Brasil fica estacionado na sexta colocação na tabela de classificação com sete pontos conquistados, sendo oito de diferença para o primeiro colocado, justamente a Argentina, com 15.

E mesmo com a fase abaixo, alguns jogadores fizeram questão de demonstrar apoio e sair em defesa do técnico Fernando Diniz.

Mandaram o recado

“Todo mundo aqui dentro tem muita confiança no trabalho do Diniz, não falta trabalho. Treinamos duro todas as vezes, forte, e acredito que fomos melhor no jogo, tivemos a melhor oportunidade, não vencemos, mas o apoio dos jogadores segue 100% com o Diniz”, disse Bruno Guimarães.

Marquinhos, capitão do Brasil foi outro que deixou claro o apoio: “Eu estou com o Diniz, é o meu treinador, gosto muito dele, uma pessoa que merece estar aqui, trabalhou demais. Se a gente tiver paciência com os resultados… Agora é um momento difícil, mas com certeza ele vai trazer a gente para uma melhor posição, com melhores resultados. No futebol a gente sabe que às vezes as pessoas não têm essa paciência, mas a gente pede que tenham paciência porque ele é um excelente treinador”.

“Com certeza, ele tem o apoio de todo grupo. Agora, após o jogo, todo mundo comentou que estamos com ele. Não sabemos o que vai acontecer na próxima convocação, mas ele tem todo o nosso apoio”, comentou Douglas Luiz.

Após essa derrota, o Brasil só volta a campo em março do ano que vem, em um amistoso contra a Inglaterra e Espanha. Vale lembrar que a CBF espera que essa seja a última Data FIFA com Diniz pois aguarda o italiano Carlo Ancelotti no meio do ano que vem.

O que os fanáticos estão dizendo?