Fase difícil

Em uma entrevista à revista Forbes, Todd Boehly, empresário norte-americano e proprietário do Chelsea, pediu calma e paciência aos torcedores diante dos resultados decepcionantes que o clube tem enfrentado recentemente.

A insatisfação da torcida é palpável, exigindo respostas imediatas para a crise esportiva dos Blues, enquanto surgem especulações sobre a possível saída de Boehly do cargo até 2027.

Você concorda com Todd Boehly?

Você concorda com Todd Boehly?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

O Chelsea, que atualmente ocupa a 12ª posição na tabela da Premier League, acumulando apenas 40 pontos, encontra-se em uma situação delicada, com uma margem de apenas 18 pontos à frente do Luton Town, equipe na zona de rebaixamento.

Com uma performance aquém das expectativas contrasta com os investimentos significativos realizados pelo clube nos últimos anos.

Tem que ter paciência

Em suas declarações à Forbes, Boehly enfatizou a importância de permitir que o processo de desenvolvimento da equipe se desenrole, destacando a transição de jogadores individuais talentosos para uma equipe coesa.

“Apenas precisamos deixar o processo se desenvolver e dar-lhes tempo para passarem de jogadores individuais incríveis com grandes habilidades para se integrarem a uma equipe. A boa notícia é que as pessoas se envolvem muito, e a má notícia é que as pessoas se importam demais. Isso leva a momentos em que estão frustradas com a equipe e os proprietários. Eu entendo isso, mas precisamos apenas continuar no rumo certo”, afirmou Todd.

Todd Boehly assumiu a propriedade do Chelsea em maio de 2022, após Roman Abramovich vender o clube devido às sanções impostas pelo governo do Reino Unido relacionadas à Guerra na Ucrânia.

Enquanto os torcedores anseiam por uma reviravolta nos resultados, é fundamental que o clube mantenha o foco em seus objetivos de longo prazo, trabalhando diligentemente para superar as adversidades e reconquistar a confiança dos torcedores.

O que dizem os Fanáticos