Capello minimiza Real Madrid

A discussão envolvendo os craques Cristiano Ronaldo e Messi dominou o futebol mundial nas últimas temporadas, com torcedores de todo o planeta se dividindo na preferência do português ou, então, do argentino.

Em reta final de carreira, os atacantes atuam em mercados distintos, marcados pelo dinheiro. Enquanto Cristiano Ronaldo está no Al-Nassr, da Arábia Saudita, Messi defende as cores do Inter Miami, dos Estados Unidos.

Quem é melhor?

Quem é melhor?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Nesta semana, durante o Prêmio Laureus, Fabio Capello, ex-técnico do Real Madrid, que passou também por Juventus e Milan, minimizou a qualidade do português.

Ele (Cristiano Ronaldo) é um grande jogador. Ganhou títulos, Bolas de Ouro, mas não foi tão genial como Messi. Cristiano Ronaldo é um grande goleador e sabe fazer tudo, mas não é um gênio“, afirmou.

Os melhores da história para Capello

Na visão do técnico italiano, atualmente com 77 anos, poucos jogadores podem ser incluídos na lista de gênios. O europeu citou Messi e apenas mais dois nomes, com uma menção honrosa.

Conheci Messi no Troféu Joan Gamper e com 20 ou 25 minutos de jogo, procurei Rijkaard (então técnico do Barcelona) e pedi que me emprestasse o Messi na temporada. Ele era um gênio“, afirmou.

Messi, Pelé e Maradona, sim, foram gênios. Esqueci-me de um que também poderia entrar: Ronaldo, o Gordo“, completou Capello.

Apesar de ter trabalhado em duas oportunidades no Real Madrid, Capello não chegou a comandar Cristiano Ronaldo. O técnico passou pelo clube nas temporadas 1996/97 e 2006/07, vencendo o Campeonato Espanhol duas vezes.

O que dizem os fanáticos