O atual campeão da UEFA Champions League, o Chelsea gastou quase 100 milhões de libras para contratar o centroavante belga, Romelu Lukaku, que vem dando resultados, já são 4 gols em 8 partidas pelos 'blues'.

Esperava-se que a chegada do atacante resolvesse os 'problemas' do clube na mente de Thomas Tuchel, contudo, mesmo resolvendo o setor ofensivo, que foi um dos poucos que não funcionou na temporada passada da equipe, Tuchel quer mais reforços.

O técnico alemão mira reforços tanto para o setor ofensivo quanto para o setor defensivo, monitorando nomes como Koundé, Bastoni e Vlahovic, contudo, também aspira contratar jovens promessas pensando no futuro do clube, mas vem encontrando dificuldades nas negociações com uma delas.

Mónaco pede R$ 251,4 milhões para vender Tchouameni

A informação é do 'Fichajes' e revela que o Chelsea vem tendo dificuldades nas negociações com a diretoria do Monaco, que detém os direitos do meio-campista Aurélin Tchouameni, que  cada vez mais ganha espáço no time títular de Niko Kovac. Segundo a fonte, para liberar a jovem promessa, o time francês pede 40 milhões de euros (R$ 251,4 milhões), um valor que o Chelsea esta relutante em pagar, tendo em vista as incertezas a cerca da contratação de um jogador tão jovem (21 anos).

Na atual temporada, Tchouameni já disputou 16 partidas entre Mónaco e seleção francesa, disputando um total de 1197 minutos, e marcando 1 gol na fase de play-offs da UEFA Champions League.