Apresentado nas últimas semanas como novo treinador do Atlético-MG, Antonio Mohamed já sugeriu um reforço para a diretoria atleticana. Trata-se do atacante Pavón, de 26 anos, que pertence ao Boca Juniors e teve uma passagem rápida pelo futebol dos Estados Unidos, entre os anos de 2019 e 2020.

Segundo o repórter Thiago Fernandes, do site Goal.com, o Galo só disputará o jogador se não tiver que investir um dinheiro na taxa de transferência. O contrato de Pavón com o Boca Juniors vai até 30 de junho deste ano, e o clube mineiro tenta a liberação do argentino antes do final do vínculo com os Xeneizes.

O negócio foi autorizado pelo presidente Sérgio Coelho e pelos quatro Rs que investem no clube: Rafael Menin, Rubens Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador. Na última temporada pelo Boca Juniors, Pavón disputou 36 partidas, marcou quatro gols e deu cinco assistências. Ele esteve na última Copa do Mundo com a seleção argentina.

Galo contratou três jogadores para a atual temporada

Depois de vender Junior Alonso para o Krasnodar, da Rússia, o Atlético-MG contratou o zagueiro Diego Godín, que disputou três Copas do Mundo com a seleção do Uruguai. Além dele, foram contratados o atacante Fábio, para a vaga deixada por Diego Costa, e o atacante Ademir, ex-América-MG.