Ganso

No Fluminense desde janeiro de 2019, Paulo Henrique Ganso conquistou a Glória Eterna pelo clube das Laranjeiras e novamente chegou ao título da Libertadores, visto que já tinha ganho pelo Santos (2011).

Ganso em entrevista à FluTV

Ganso é um dos queridinhos da torcida tricolor. O camisa 10 é considerado o maestro do time comandado pelo técnico Fernando Diniz, merecedor deste momento vivido na equipe do Rio de Janeiro.

Ganso pode ser considerado ídolo do Fluminense?

Ganso pode ser considerado ídolo do Fluminense?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Com contrato assinado até dezembro de 2025, Paulo Henrique concedeu entrevista à Rádio DSports, da Argentina, e não jogou fora a possibilidade de um dia atuar no país.

“Não tive a oportunidade de jogar nessas equipes. Quem sabe, no futuro… São poucos os brasileiros que jogaram lá. O River nos venceu na Argentina. Eles jogaram muito melhor do que o Fluminense no Monumental”, disse.

Fluminense

Ao defender as cores do Fluzão, o canhoto de 34 anos fez grandes amizades, em especial a com Germán Cano. O medalhão falou sobre a proximidade com o artilheiro do Nense.

“Cano é um amigo pessoal, é um irmão. Conversamos sobre tudo, sobre a vida, sobre nossos filhos e sobre o Fluminense. O Fluminense é a minha vida. Estou curtindo esse momento maravilhoso”, comenta o jogador.

Vale lembrar que, em todos os três clubes que defendeu no Brasil – Santos, São Paulo e Fluminense -, Paulo Henrique Ganso foi campeão em todos. No SPFC, por exemplo, o multicampeão ergueu a Copa Sul-Americana (2012).

Na atual temporada, Ganso soma quatro gols e 10 assistências em 51 jogos disputados com Diniz e companhia. O atleta vem de uma crescente desde 2022 pelo Tricolor.

O QUE DIZEM OS FANÁTICOS