Histórico de ex-Vasco no Flamengo

Romário e Bebeto, dentre outros, são dois exemplos clássicos de jogadores que pularam o muro para jogar no arquirrival. Quase aconteceu com o saudoso Roberto Dinamite, mas Eurico Miranda não deixou.

Copinha 2024: onde assistir, datas, maior vencedor e mais – Atualizado e Completo

É normal que no futebol aconteçam esses chapéus, principalmente porque o mundo da bola é um dos ambientes mais imprevisíveis que existem. Recentemente, o Flamengo se interessou por Evander, ex-Vasco, por exemplo.

Flamengo precisava de Evander?

Flamengo precisava de Evander?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

No entanto, o atleta formado nas categorias de base do Vasco vai seguir na Major League Soccer (MLS). O Rubro-Negro desistiu de continuar tentando o jogador no mercado da bola.

Agora, quem virou assunto é o volante Juninho. O jovem começou a trajetória profissional no Fla e expõe que viveu um dos piores momentos da vida quando ainda estava no CT Ninho do Urubu.

Juninho, ex-Vasco, está de volta ao Brasil

Com rápida passagem pelo Orlando City, Juninho está de volta ao Brasil para atuar pelo Goiás. Em entrevista ao Futbolaço Podcast, o prodígio afirma que nunca mais volta ao Flamengo.

“Não tenho vergonha nenhuma de falar que eu não voltaria para o Flamengo. Se me oferecessem R$ 500 mil, R$ 1 milhão, eu não jogo. Não é só porque é rival (do Vasco)”, disparou sobre a chance de jogar com craques como Arrascaeta.

“Eu guardo uma lembrança muito ruim do Ninho do Urubu, porque foi a época que eu mais sofri. Não gosto de usar vermelho e preto. Se eu tivesse que ir para um time vermelho e preto, ia pensar 2, 3, 4, 5 vezes”, completou.

Juninho é cria de Barra Mansa e foi encontrado no futsal para jogar no Flamengo, quando ainda tinha 9 anos de idade. O atleta passou um tempo morando em Vargem Grande com o pai, no intuito de ficar perto do CT.

O QUE DIZEM OS FANÁTICOS