França diz adeus à Eurocopa

Finalista das duas últimas edições da Copa do Mundo, a França está fora da disputa pelo título da Eurocopa 2024. A seleção comandada por Didier Deschamps caiu diante da Espanha, na semifinal.

No duelo com os espanhóis, a Seleção Francesa chegou a sair na frente do placar muito cedo, com Kolo Muani. Entretanto, Lamine Yamal e Dani Olmo marcaram para virar a partida.

A grande decisão está marcada para o próximo domingo (14). O adversário da Espanha será conhecido nesta quarta-feira (10), no duelo entre Holanda x Inglaterra, que acontece a partir das 16h (horário de Brasília),em Dortmund.

França define futuro de Deschamps

Logo após a queda na Eurocopa, a Federação Francesa de Futebol (FFF) bateu o martelo e anunciou o futuro de Deschamps. Com contrato até 2026, o técnico será mantido no ciclo que visa a Copa do Mundo que será realizada daqui a dois anos nos Estados Unidos, México e Canadá.

Não vejo razão para questionar o seu contrato. Os resultados anteriores falam por ele e os objetivos foram alcançados. Didier vai continuar a sua missão. Durante este mês, vi muito profissionalismo, busca pela excelência. Devemos manter a seleção francesa nesta direção“, afirmou o presidente da FFF, Philippe Diallo.

Você concorda com a permanência de Deschamps na Seleção Francesa?

Você concorda com a permanência de Deschamps na Seleção Francesa?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Os resultados são positivos na medida em que o objetivo traçado para a semifinal foi alcançado. Quando olhamos para a sua carreira à frente da seleção francesa, ela é excecional. Didier liderou esta equipe da melhor maneira possível durante o Euro“, acrescentou o dirigente ao jornal L’Equipe.

No cargo desde 2018, o treinador, de 55 anos, que venceu os títulos da Copa do Mundo de 2018 e a Liga das Nações de 2021, acumula 151 jogos, com 98 vitórias, 31 empates e 22 derrotas. Nas redes sociais, o nome de Zidane ganhou força entre os torcedores para o lugar de Deschamps.

Fanáticos pedem saída do treinador