Na noite desta quarta-feira, dia 11, o Fluminense carimbou sua vaga para a próxima fase da Copa do Brasil. O Tricolor enfrentou o Vila Nova, no estádio Serra Dourada, e venceu novamente o adversário, desta vez, por 2 a 0.

Apesar disso, os torcedores estranharam a escalação inicial do Fluminense. Quando vieram André e Wellington juntos, os questionamentos passaram a surgir. E os mesmos foram prontamente respondidos pelo técnico Fernando Diniz, em coletiva após o jogo.

"Pelo modelo que eu adoto, esses mitos e tabus que as pessoas falam... O primeiro quando cheguei aqui é que não podiam jogar juntos Cano e Fred. Outro é que não podia Ganso e Nathan. E também tem esse do André e Wellington. Todo mundo pode jogar. Minha proposta hoje na escalação era colocar os jogadores que viviam melhor momento", explicou o treinador.

"O André fez uma grande partida contra o Junior Barranquilla, e o Wellington fez uma grande partida contra o Palmeiras. O André tinha que voltar, e o Wellington não merecia sair. Então meu critério foi esse, e acho que funcionou bem", completou Fernando Diniz.

Agora, o Fluminense vai se preparar para dar continuidade em outra competição. O Tricolor terá pela frente o Athletico, no estádio Raulino de Oliveira, no sábado, dia 14, às 21h, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.