Trio do Rubro-Negro em evidência

Em 2011, aconteceu uma das melhores partidas do futebol brasileiro. O Santos abriu 3 a 0 no placar, com um dos gols sendo o que rendeu o Prêmio Puskas ao Neymar.

Ronaldinho Gaúcho estava inspirado naquela noite. O ex-camisa 10 do Flamengo ganhou destaque com a falta que cobrou por baixo da carreira, surpreendendo a todos.

O portal Gol Del Corazon elegeu os 100 melhores trios da história do futebol mundial. Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta são citados na 90ª posição e quem vence é Messi, Xavi e Iniesta.

O Peixão ganhou os holofotes com Neymar, Elano e Borges. Os jogadores ficaram uma posição em cima do trio flamenguista, que acabou sendo ofuscado apesar da campanha gloriosa de 2019.

Comparação do Santos de 2011 com o Flamengo de 2019

O time ideal do Fla em 2019 só atuou junto em oito oportunidades. Em contrapartida, a equipe da Vila Belmiro conseguiu vencer a Libertadores sobre o Peñarol com os melhores atletas.

Quem vence esse duelo?

Quem vence esse duelo?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Muricy Ramalhou escalou o Alvinegro Praiano assim na final da Libertadores 2019: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Zé Love. Borges não estava inscrito no torneio.

Por outro lado, Jorge Jesus tinha essa equipe como “os 11” ideais: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

O Somos Fanáticos traz o que pensa de um time só com os 22 mencionados disponíveis. Na visão do autor, fica da seguinte forma: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Edu Dracena e Filipe Luís; Arouca, Ganso e Arrascaeta; Bruno Henrique, Gabigol e Neymar.

O que dizem os Fanáticos