Botafogo

A reta final da temporada de 2023 foi decepcionante para o Botafogo. Além da derrocada que impediu a conquista do Campeonato Brasileiro, o time ainda ficou sem a vaga direta para a Copa Libertadores da América.

Com uma série de resultados ruins nas rodadas decisivas, o Glorioso perdeu posições na tabela de classificação e terminou no quinto lugar com 64 pontos, classificado para a pré-Libertadores.

O Botafogo precisa de muitos reforços para 2024?

O Botafogo precisa de muitos reforços para 2024?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Nos bastidores, a gestão comandada pelo empresário John Textor, dono da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), já iniciou um processo de reformulação visando a próxima temporada.

O grupo de trabalho do técnico Tiago Nunes já vem passando por mudanças e a tendência é que ainda mais novidades sejam confirmadas até a reapresentação e início da pré-temporada.

Botafogo descarta pagar R$ 20 milhões por meia

A primeira baixa confirmada no plantel foi Leonel Di Plácido. O lateral-direito, de 29 anos, que estava emprestado pelo Lanús, da Argentina, já foi comunicado que não faz parte dos planos para 2024.

Já nesta sexta-feira (8), um novo nome na “barca” de saídas, que ainda deve aumentar, foi confirmado. De acordo com o site Globo Esporte, o Botafogo não irá manter o meio-campista Lucas Fernandes.

O jogador, de 26 anos, estava emprestado pelo Portimonense, de Portugal. Para permanecer com o meia, que estava no elenco desde 2022, o Glorioso teria que exercer a opção de compra, estabelecida em 4 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões).

A diretoria da SAF já deixou claro que o investimento não será realizado. O Botafogo, inclusive, não demonstra nem ao menos o desejo de sentar para conversar com o Portimonense. Em 2023, Lucas Fernandes caiu de rendimento, soma 34 partidas (14 como titular), com dois gols e uma assistência.

O que dizem os fanáticos