Mercado da bola

O meia-atacante brasileiro Philippe Coutinho, atualmente no Al Duhail, do Qatar, tornou-se o jogador que mais desvalorizou nos últimos anos, segundo um levantamento do CIES Football.

A marca negativa de Coutinho representa um prejuízo de 132 milhões de euros (R$ 704 milhões) ao Barcelona, clube que o contratou em 2018 por 135 milhões de euros.

Você gostaria de ter Neymar em sua equipe?

Você gostaria de ter Neymar em sua equipe?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

O craque brasileiro não conseguiu se destacar no time catalão e passou por empréstimos ao Aston Villa e ao Bayern de Munique, antes de ser vendido em definitivo ao futebol inglês em 2022.

Coutinho lidera a lista, seguido por Eden Hazard, ex-Real Madrid, que gerou um prejuízo de 130 milhões de euros (R$ 694 milhões) ao clube merengue.

Prejuízos milionários

Neymar, atualmente se recuperando de uma lesão no joelho esquerdo, aparece na terceira posição da lista, causando um prejuízo de 122 milhões de euros (R$ 651 milhões) ao PSG. O atacante do Al Hilal empata com Ousmane Dembélé, que também gerou um déficit financeiro de 122 milhões de euros ao Barcelona.

Antoine Griezmann fecha o top-5, sendo mais um jogador que impactou negativamente as finanças do Barcelona, com um prejuízo de 101 milhões de euros (R$ 539 milhões).

Vale ressaltar que, em tese, Paul Pogba deveria ocupar a lista, mas por ser um jogador revelado pelo Manchester United, clube que o contratou em 2016 por 105 milhões de euros, o CIES não o incluiu no ranking.

Atualmente na Juventus, Pogba tem contrato até o final da temporada 2025/2026. O levantamento do CIES destaca a complexidade das negociações no futebol e como o desempenho dos jogadores pode influenciar significativamente o valor de mercado.

O que os Fanáticos estão falando?