A cara do Timão

Augusto Melo, presidente do Corinthians, concedeu uma entrevista à Rádio Bandeirantes nesta segunda-feira, discutindo possíveis reforços e abordando a situação contratual de jogadores-chave, como Gabigol, Soteldo e Marcos Leonardo.

Melo destacou que esses atletas têm características que se encaixam bem no perfil corintiano, embora reconheça que contratar Gabigol, por exemplo, poderia ser desafiador devido ao alto salário.

Gabigol deveria ir para o Corinthians?

Gabigol deveria ir para o Corinthians?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Gabigol, conhecido por sua combatividade e eficácia em fazer gols, foi mencionado como um jogador que “tem a cara” do Corinthians. No entanto, o presidente eleito ressalta que a viabilidade financeira seria um fator determinante nas negociações.

Outros nomes citados foram Soteldo e Marcos Leonardo, ambos vistos como opções interessantes para reforçar o elenco em 2024. O Corinthians busca consolidar um time competitivo e equilibrado para a próxima temporada.

Têm a cara do Corinthians

“Tem vários jogadores que têm a cara do Corinthians. Gosto de vários, que vestiriam muito bem essa camisa. O próprio Gabigol tem a cara do Corinthians, é um jogador guerreiro, sabe fazer gol. Estou só citando um exemplo, porque tem contrato e o salário dele é muito alto, mas é um jogador que gosto. O Soteldo é um jogador muito bom, o Marcos Leonardo, enfim, tem muitos que a gente gosta”. disse Augusto Melo.

Quanto ao ídolo Cássio, cujo contrato vai até 2024, Melo expressou seu desejo de contar com o goleiro para o próximo ano. Apesar das declarações recentes de Cássio levantando dúvidas sobre sua permanência, o presidente eleito destacou que o clube pretende manter o arqueiro, inclusive considerando um papel futuro no Corinthians após a aposentadoria.

“Foi uma surpresa quando vi essa entrevista, porque o Cássio tem contrato até 2024. É um ídolo, não tem nenhum comentário. Inclusive se quiser carreira para frente no Corinthians (após a aposentadoria), se depender de mim, pode ter. Vai deixar muita saudade quando parar. Me deixou surpreso, sim, mas pelo que sei não tem nada. Contamos com ele, sim”. disse o presidente

Melo enfatizou que o clube está comprometido em desenvolver talentos internos, como Carlos Miguel, o goleiro reserva, preparando-o para assumir o posto quando Cássio decidir encerrar sua carreira.

O presidente vê Cássio como um ícone que deixará um legado duradouro no Corinthians e planeja um futuro onde o goleiro continue a contribuir para o clube, mesmo após encerrar sua carreira como jogador.

O que dizem os Fanáticos?